Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Acesso Rápido RE
Acesso Rápido RU
Ações de Extensão
Almoço
Alojamento e Convivência
ASSUNTOS ADMINSTRATIVOS
ASSUNTOS ESTUDANTIS
ASSUNTOS FINANCEIROS
Atualizações do Diário Oficial
Auditórias Anuais
Banco de Legislação - Financeiro
Bolsas Assuntos Estudantis
Caderno Extensão
Calendário
Câmara de Extensão
Cantinas
Cardápio do Restaurante Universitário
Carga Horária Diretrizes Curriculares
Centro de Memória
Clipping
COAP
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar Graduação
Composição Câmara de Graduação
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Contrato de Obras
CORIN
CPPD
Cursos de Pós-Graduação
DAC
DCF
DEL
Deliberações - CPPD
Deliberações COAP
Desenvolvimento Institucional
Desjejum
DGCC
Diretrizes Curriculares Nacionais
Diretrizes Gerais
DLI
Documentos Fórum das Coordenações
DPPEx
DRCI
Dúvidas Financeiro
Dúvidas Frequentes RE
Dúvidas Frequentes RU
Dúvidas Monitoria Graduação
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais Corin
Editais em Aberto
Editais em Andamento
Editais Fechado
Empresas Juniores
Equipamentos Multiusuários
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe e Contatos
Espaços Físicos Comerciais
Estágio Ouvididoria
EXTENSÃO
Extratos de Convênio
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco Imprensa
Fale Conosco PROPLADI
Finanças DCF
Formulário Cursos
Formulários - CPPD
Formulários Acadêmicos
Formulários Câmara de Graduação
Formulários COAP
Formulários Cursos Extensão
Formulários DCF
Formulários DP
Formulários Equipe de Trabalho Extensão
Formulários Eventos Extensão
Formulários Monitoria Graduação
Formulários NAAP
Formulários PICDT
Formulários Prefeitura
Formulários Prestação de Contas
Formulários Prestação de Serviços Extensão
Formulários Programas Extensão
Formulários Projetos Extensão
Formulários Publicação Extensão
Formulários STA
Glossário
GRADUAÇÃO
Grupo de Estudo
Grupos PET
Informações para cadastro
informes Mobilidade Acadêmica Intra-campi
Informes Parfor
Iniciação Científica
INSTITUCIONAL
Jantar
Jornal da Graduação
Laboratórios
Lato Sensu
Legislação Docentes
Legislação NULEP
Legislação Ouvidoria
Legislação Técnicos Administrativos
Lei Orçamentária Anual
Leis - CPPD
Links
Links
Links Extensão
Links PARFOR
Links Pós-Graduação
Links úteis NULEP
Links Úteis Servidor
Logotipos
Manuais NULEP
Mão de Obra Terceirizada
Militantes
MOBILIDADE INTRA-CAMPI
MOBILIDADE NACIONAL
Normas
Normas Curso
Normas de Extensão
Normas Financeiro
Notícia
Notícia Destaque
Noticia Pós-Graduação
Notícias
Notícias
Notícias
Notícias Assuntos Estudantis
Notícias CPPD
Notícias da Extensão
Notícias de Cantinas e Espaços Físicos
Notícias Graduação
Notícias Orçamento e Finanças
Notícias Prefeitura
Notícias Rural Semanal
Notícias Servidor
Notícias Servidor S/Imagem
Notícias Terceirizados
Ouvidora
Ouvidoria
PARFOR
PET
Planejamento Institucional
Portal do Serividor
Portarias
Portarias Financeiro
PÓS-GRADUAÇÃO
Práticas Específicas
Pré-Enem Nova Iguaçu
Pré-Enem Seropédica
Prefeitura
Prestação de Contas
Principais Orientações - Coaaf
Principais Orientações - Coapen
Principais Orientações - Cocad
Principais Orientações - Copag
Pró-Reitor Adjunto de Assuntos Adminstrativos
Pró-reitor Adjunto de Assuntos Financeiros
Pró-Reitor Adjunto PROPLADI
Pró-Reitor de Assuntos Administrativos
Pró-reitor de Assuntos Financeiros
Pró-Reitor PROPLADI
Pró-Reitor(a) Adjunto de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) Adjunto de Extensão
Pró-Reitor(a) Adjunto de Graduação
Pró-reitor(a) Adjunto de Pesquisa e Pós Graduação
Pró-Reitor(a) de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) de Extensão
Pró-Reitor(a) de Graduação
Pró-Reitor(a) de Pesquisa e Pós Graduação
Processo Seletivo Mobilidade Acadêmica Nacional
Processo Seletivo PARFOR
Processo Seletivo PET
PROEXT
Programas
Programas
Projetos PROEXT
PROPLADI
Publicações
Publicações Graduação
Regional ou Cultural
Reitor
Relatórios DCF
Relatórios de Gestão
Religioso ou Ecumênico
Revista Extensão
Rural Semanal
Secretaria Administrativa
Secretaria de Registros Acadêmicos - Solicitações
Secretaria Ouvidoria
Sem categoria
Serviços gerais
Serviços para servidor
Servidor na Mídia
Stricto Sensu
Terceirizados
Treinamentos e Palestras Financeiro
UFRRJ Ciência
Vice-Reitor
Vídeos Imprensa
Portal UFRRJ > Portal do Serividor > Servidor na Mídia > Novo livro do professor Renato Noguera é destaque no jornal O Globo

Novo livro do professor Renato Noguera é destaque no jornal O Globo

O filósofo e professor do IM/UFRRJ, Renato Noguera | Foto: Gabriela Cyrne.

Filósofo Renato Noguera sintetiza em livro a arte de amar, das mitologias negra e africana aos dias atuais

Por que nos apaixonamos? O que sabemos sobre o amor? Como abordar estas questões em plena pandemia do coronavírus? Estas e outras indagações são respondidas pelo filósofo Renato Noguera em seu novo livro, apropriadamente intitulado “Por que amamos?”. A escritora e ativista Djamila Ribeiro é autora do prefácio da obra, que classifica como um “monumental estudo sobre o amor”.

Composto de ensaios precisamente estruturados, o livro do professor da UFRRJ trabalha o imaginário da escrita pelas mais diversas noções do amor que a humanidade já viu e experimentou. Não é um manual de autoajuda, como pode se supor. Longe disso. Renato Noguera não faz um perfilamento de orientações e ensinamentos, mas recepciona experiências amorosas dos mais diversos grupos humanos, abordando conceitos com base em explicações científicas, nos aspectos culturais, míticos e filosóficos.

É nesse campo que fala da concepção e do projeto de relacionamento, sob a ótica do ciclo da vida, de acordo com a expectativa de cada um, expondo modelos de amor e de amar, mostrando como até hoje se lidou com sentimentos como o ciúme e a raiva — porque algumas maneiras de amar podem ser melhores do que outras. Em outras palavras, trata do amor romântico ao poliamor, da monogamia à poli conjugalidade.

Para Renato Noguera, se há uma ética para o amor ela é tida como a investigação sobre a moral, já que é preciso ter sempre em conta quais princípios uma pessoa traz da vida para os relacionamentos amorosos. Se o conceito de ética estabelece-se desta forma, o filósofo corrobora a premissa aristotélica de que amar é um ato político, dado que ele incorpora, como é natural, dilemas de uma vida “político-afetiva” — o fenômeno que é a combinação de todos os fatores, pelos quais se direciona. Ou seja, o amor envolve a gestão da admiração, do desejo e das inseguranças que rondam os afetos que compõem a arte dos relacionamentos, como em Romeu e Julieta ou nas histórias de Oxum, filha de Orunmilá.

Amar é hospedar o outro

Capa do livro | Foto: Divulgação

Tomando como base experiências do passado, sejam ocidentais ou do mundo africano, Noguera traz para a performance amorosa o que ele chama de “mapa de propósitos”. Com isso estabelece o conceito da hospitalidade, como o da recepção, na lógica de que o outro é um estrangeiro, um desconhecido, e como tal precisa ser bem recebido, bem recepcionado, no seu ambiente, mas sem afetar o seu modo de ser ou sua carga emocional.

O conjunto de regras que vai fazer com que o “hóspede” se mantenha satisfeito durante o seu período de acolhimento é o mesmo de dizermos que o amor é um percurso onde os propósitos se alimentam, onde os dons florescem e as dádivas são recebidas com gratidão. Neste caso, os propósitos devem estar bem definidos ou juntos, com destaque para o papel da comunidade, sobretudo no contexto africano, já que o amor tem a ver com a capacidade de sobrevivência do indivíduo.

Outro ponto bastante interessante em “Por que amamos?” está na concepção das relações como projeto narrativo: a história de cada um formulada como uma pedagogia da vida. Renato Noguera nos diz que é fundamental que se desenhe o relacionamento. Nesta perspectiva é que fala da paixão, como uma chave de leitura dos afetos, que se relaciona com a ideia de que a falta do amor desumaniza o outro.

Noguera cita a pensadora africana Sobonfu Somé, que reflete, em “O espírito da intimidade”, sobre a sabedoria dos povos Dagara, e a “roda cosmológica”, identificada nos elementos da natureza: água, terra, ar e fogo. O filósofo percorre o mesmo dilema unidimensional, centrado na ideia de que o amor não é um produto de venda ou negócio, muito menos propõe ideias inovadoras para consertar casamentos em decomposição sentimental. Para ele, a busca da felicidade conjugal é “um caminhar em conjunto”, e uma tarefa constante de buscar “o bem-estar com alguém”. Nesse entendimento, se o amor é tirado do contexto espiritual, a tendência é que fique exposto a perigos, internos e externos, e sua eficácia fatalmente se comprometerá.

Se para Sobonfu Somé “toda pessoa é um espírito com propósito”, para Renato Noguera a estética, ou “gramática do amor”, como ele diz, está nas dimensões que levam uma pessoa à vida plena. Neste ponto se refere à escalada da montanha, quando fala que a paixão é uma potência que leva duas pessoas até o seu topo. Este percurso faz com que haja um acúmulo de conhecimentos, algo que tem a ver com a construção de uma nova narrativa, numa noção de que, para o amor, precisamos de outra pessoa para percorrer os caminhos da vida, escutar e conhecer suas histórias.

As histórias em si, como a de Sherazade, em “As mil e uma noites”, ou a “Biografia do Língua”, romance do caboverdeano Mario Lucio Sousa, é que alimentam o seu imaginário e trazem algum sentido para a relação, respeitando-se seus formatos, modelos e projetos existenciais.

Ou seja, para Renato Noguera o encontro amoroso tem maior chance de sobrevivência, de longevidade, quando o casal ou as partes envolvidas o identifica como uma história que precisa ser contada em conjunto. O sentido de tudo isso é saber que a vida é que impõe a vontade de amar, e “amar é contar histórias”, segundo o autor.

Por isso que cabe a cada um de nós, em particular, encontrar a forma de melhor narrar para o outro uma boa história para manter acesa essa aventura.

Por Tom Farias, jornalista e escritor.

Reproduzido do jornal “O Globo”, edição de 05/09/2020.

Link: https://oglobo.globo.com/cultura/livros/filosofo-renato-noguera-sintetiza-em-livro-arte-de-amar-das-mitologias-negra-africana-aos-dias-atuais-24624691


Postado em 08/09/2020 - 09:57

Notícias Relacionadas

“Nana & Nilo” na Mostra Itinerante de Cinemas Negros
Sons da inclusão
Resultado parcial do edital para bolsas de oficineiros do CAC
Sala de Cultura da Rural recebe oficina de arte alternativa
FestFic anima a Rural

Últimas Notícias

Skip to content