Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Portal UFRRJ > INSTITUCIONAL > Notícia Destaque > Projeto do IZ motiva estudantes seropedicenses a ingressar na UFRRJ

Projeto do IZ motiva estudantes seropedicenses a ingressar na UFRRJ

Compromisso com a transformação social

 

Por Michelle Carneiro (CCS/UFRRJ)

 

Projeto de professores do IZ traz estudantes de Seropédica para dentro da Universidade

Parece contraditório que os moradores de Seropédica não conheçam e não se identifiquem com uma universidade sediada há mais de 70 anos em sua cidade natal. Segundo dados da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), das cerca de duas mil vagas de graduação ofertadas pela UFRRJ em 2019.1, apenas 285 foram ocupadas por seropedicenses. “Persiste a ideia de que a Universidade Rural é paga”, ressalta o professor Matheus Pereira dos Santos, do Instituto de Zootecnia (IZ).

 

É fundamental desfazer o senso comum. Afinal, a universidade pública, gratuita e de qualidade é direito de todos. Santos é um dos idealizadores do projeto de extensão ‘Zootour: Serô na Rural’, junto ao também professor do IZ Thiago Bernardes Fernandes Jorge. “O projeto visa à divulgação da Universidade, de sua importância e de seu impacto sobre a vida dos que nela estudam. Também objetiva a divulgação do curso de Zootecnia da Rural, hoje o mais antigo e tradicional do país”, explica.

 

Com duas bolsistas de extensão e um estudante voluntário, os docentes organizam o projeto em torno de dois pilares: motivar os alunos da rede pública de ensino de Seropédica a ingressar na Universidade; e ensinar o caminho das pedras para que possam alcançar esse objetivo. Muitos participantes desconhecem que o acesso à UFRRJ se dá apenas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) que, por sua vez, está atrelado ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). “São informações básicas para nós, que já estamos acostumados. Mas não para esses alunos”, reforça o professor Santos.

 

Trazer os jovens para uma visita ao câmpus é o ponto de partida do projeto –  daí o nome “Zootour”. Na ocasião, os estudantes são levados para conhecer setores do IZ, como o de caprinocultura e de bovinocultura de leite. Também vão à Biblioteca e ao Pavilhão Central (P1). A Universidade disponibiliza o transporte de ida e volta. Em uma semana já foram atendidos mais de 100 alunos do Colégio Estadual (CE) Professor Roberto Lyra, do CE Presidente Dutra e do CE Bananal.

 

Papo reto

 

Trazer os jovens para uma visita ao câmpus é o ponto de partida do projeto

“Eu tenho certeza de que aqui tem algum curso que tem tudo a ver com você”. Com essa frase o graduando em Zootecnia Nicolau Rizzo, 26 anos, inicia a apresentação para cerca de 40 estudantes do CE Bananal. A exposição prossegue com suas colegas de curso e bolsistas no projeto, Vitória Borges, 20, e Carolina de Araújo, 19, que compartilham suas trajetórias pessoais de forma leve e bem-humorada para motivar os visitantes.

 

No auditório do IZ, os docentes acompanham de perto a apresentação, mas permitem que os bolsistas a conduzam. A experiência é igualmente positiva para os ruralinos. “É gratificante conversar com os estudantes depois da apresentação, ver que conheceram mais da nossa Universidade e que querem ingressar em um curso superior. Porque, antes, muitos achavam que isso não era para eles”, conta Vitória Borges.

 

Além de explicar a profissão do zootecnista e dar detalhes sobre o IZ, também são brevemente apresentados os 56 cursos de graduação da UFRRJ, os auxílios oferecidos aos ruralinos, os alojamentos e o Restaurante Universitário. Destaca-se que, antes mesmo de ingressar na Rural, é possível usufruir de serviços oferecidos em seus câmpus, tais como: estudar na Biblioteca, assistir filmes no Cine Casulo, comprar alimentos diretamente do produtor na Feira de Agricultura Familiar, participar das aulas do Centro de Arte e Cultura (CAC), passear no Jardim Botânico, utilizar as quadras e piscinas do Complexo Poliesportivo, além de se preparar no Pré-Enem.

 

A estudante do CE Bananal, Jaqueline Maria Pereira de Araújo, 20 anos, explica como o projeto a incentivou: “Não tinha noção de que a Universidade funcionava assim, que existiam esses auxílios… Esse ano vou fazer o Enem e ano que vem, se Deus quiser, estarei aqui no curso de Zootecnia”.

 

A previsão é de que o próximo ciclo de visitas aconteça no final de março. Neste primeiro momento, as bolsistas entram em contato com as escolas. Mas é possível, também, que as instituições seropedicenses inscrevam-se para participar. Basta enviar um e-mail para zootour.seronarural@gmail.com

 

Publicado originalmente no Rural Semanal 02/2019


Postado em 17/04/2019 - 16:45

Notícias Relacionadas

Inscrições abertas para II Escola de Verão do Instituto de Química

Rural de portas abertas para visitas

Professora da Rural participa do lançamento de cartilha sobre áreas rurais

Professor da UFRRJ coordena projeto de remição de pena através da leitura

Feira da Agricultura Familiar comemora seu terceiro aniversário

Últimas Notícias