Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Acesso Rápido RE
Acesso Rápido RU
Ações de Extensão
Almoço
Alojamento e Convivência
ASSUNTOS ADMINSTRATIVOS
ASSUNTOS ESTUDANTIS
ASSUNTOS FINANCEIROS
Atualizações do Diário Oficial
Auditórias Anuais
Banco de Legislação - Financeiro
Bolsas Assuntos Estudantis
Caderno Extensão
Calendário
Câmara de Extensão
Cantinas
Cardápio do Restaurante Universitário
Carga Horária Diretrizes Curriculares
Centro de Memória
Clipping
COAP
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar Graduação
Composição Câmara de Graduação
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Contrato de Obras
Coordenador de Comunicação Social
CORIN
CPPD
Cursos de Pós-Graduação
DAC
DCF
DEL
Deliberações - CPPD
Deliberações COAP
Desenvolvimento Institucional
Desjejum
DGCC
Diretrizes Curriculares Nacionais
Diretrizes Gerais
DLI
Documentos Fórum das Coordenações
DPPEx
DRCI
Dúvidas Financeiro
Dúvidas Frequentes RE
Dúvidas Frequentes RU
Dúvidas Monitoria Graduação
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais Corin
Editais em Aberto
Editais em Andamento
Editais Fechado
Empresas Juniores
Equipamentos Multiusuários
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe e Contatos
Espaços Físicos Comerciais
Estágio Ouvididoria
EXTENSÃO
Extratos de Convênio
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco Imprensa
Fale Conosco PROPLADI
Finanças DCF
Formulário Cursos
Formulários - CPPD
Formulários Acadêmicos
Formulários Câmara de Graduação
Formulários COAP
Formulários Cursos Extensão
Formulários DCF
Formulários DP
Formulários Equipe de Trabalho Extensão
Formulários Eventos Extensão
Formulários Monitoria Graduação
Formulários NAAP
Formulários PICDT
Formulários Prefeitura
Formulários Prestação de Contas
Formulários Prestação de Serviços Extensão
Formulários Programas Extensão
Formulários Projetos Extensão
Formulários Publicação Extensão
Formulários STA
Glossário
GRADUAÇÃO
Grupo de Estudo
Grupos PET
Informações para cadastro
informes Mobilidade Acadêmica Intra-campi
Informes Parfor
Iniciação Científica
INSTITUCIONAL
Jantar
Jornal da Graduação
Jornalista
Laboratórios
Lato Sensu
Legislação Docentes
Legislação NULEP
Legislação Ouvidoria
Legislação Técnicos Administrativos
Lei Orçamentária Anual
Leis - CPPD
Links
Links
Links Extensão
Links PARFOR
Links Pós-Graduação
Links úteis NULEP
Links Úteis Servidor
Logotipos
Manuais NULEP
Mão de Obra Terceirizada
Militantes
MOBILIDADE INTRA-CAMPI
MOBILIDADE NACIONAL
Normas
Normas Curso
Normas de Extensão
Normas Financeiro
Notícia
Notícia Destaque
Noticia Pós-Graduação
Notícias
Notícias
Notícias
Notícias Assuntos Estudantis
Notícias CPPD
Notícias da Extensão
Notícias de Cantinas e Espaços Físicos
Notícias Graduação
Notícias Orçamento e Finanças
Notícias Prefeitura
Notícias Rural Semanal
Notícias Servidor
Notícias Servidor S/Imagem
Notícias Terceirizados
Ouvidora
Ouvidoria
PARFOR
PET
Planejamento Institucional
Portal do Serividor
Portarias
Portarias Financeiro
PÓS-GRADUAÇÃO
Práticas Específicas
Pré-Enem Nova Iguaçu
Pré-Enem Seropédica
Prefeitura
Prestação de Contas
Principais Orientações - Coaaf
Principais Orientações - Copag
Pró-Reitor Adjunto PROPLADI
Pró-Reitor PROPLADI
Pró-Reitor(a) Adjunto de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) Adjunto de Extensão
Pró-Reitor(a) Adjunto de Graduação
Pró-reitor(a) Adjunto de Pesquisa e Pós Graduação
Pró-Reitor(a) de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) de Extensão
Pró-Reitor(a) de Graduação
Pró-Reitor(a) de Pesquisa e Pós Graduação
Processo Seletivo Mobilidade Acadêmica Nacional
Processo Seletivo PARFOR
Processo Seletivo PET
PROEXT
Programas
PROPLADI
Publicações
Publicações Graduação
Regional ou Cultural
Reitor
Relatórios DCF
Relatórios de Gestão
Religioso ou Ecumênico
Revista Extensão
Rural Semanal
Secretaria Administrativa
Secretaria de Registros Acadêmicos - Solicitações
Secretaria Ouvidoria
Sem categoria
Serviços gerais
Serviços para servidor
Servidor na Mídia
Stricto Sensu
Terceirizados
Treinamentos e Palestras Financeiro
UFRRJ Ciência
Vice-Reitor
Vídeos Imprensa
Portal UFRRJ > INSTITUCIONAL > Notícia > Mudanças estruturais em Seropédica estimulam projetos na Rural

Mudanças estruturais em Seropédica estimulam projetos na Rural

A ocupação do espaço urbano, a reconfiguração logística e o papel social da população são temas de pesquisas de professores da Universidade

Por Yago Monteiro, bolsista da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS/UFRRJ)

 

O espaço urbano de Seropédica vive mudanças radicais nos últimos anos. A cidade possuía uma cultura rural, pautada na agricultura familiar há menos de três décadas. Porém, com a elevação de Seropédica a município em 1997, a expansão da Universidade Rural e a instalação do Arco Metropolitano, as construções urbanas, a especulação imobiliária e a instalação de indústrias alteraram a dinâmica socioeconômica da cidade e de outros municípios no entorno.

 

Seropédica possui mais de 85 mil habitantes, dos quais 82,22% residem em áreas urbanas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município está localizado em uma região estratégica no eixo logístico e possui confluência com diversas rodovias importantes, com destaque à rodovia Presidente Dutra, a BR-465, o Arco Metropolitano e a RJ-099.

 

Nesse contexto, está a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro com seus trabalhos de ensino, pesquisa e extensão, e a necessidade de criar projetos que visem à população e busquem compreender as mudanças socioculturais que ocorrem na região.

 

Projetos e relação com as mudanças locais

Um dos projetos que têm integrado ensino e pesquisa é o Programa de Residência Pedagógica, subprojeto de Geografia (câmpus Seropédica). No início de outubro, o Programa organizou no câmpus a mesa redonda “Seropédica: economia, sociedade, desenvolvimento e território”. O evento deu foco à utilização do espaço no município, o impacto das novas construções urbanas, a implementação do Arco Metropolitano e as dinâmicas sociais provocadas por estas mudanças.

 

A professora Denise de Alcântara, do curso de Arquitetura e Urbanismo (IT), analisou a percepção de estudantes e moradores de Seropédica sobre a paisagem percebida e despercebida da cidade. O projeto é interdisciplinar e ligado ao Grupo de Pesquisa em Transformação de Uso, Ocupação e Desenvolvimento Urbano e Regional (Gedur/UFRRJ), do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Políticas Públicas (PPGDT/UFRRJ).

 

Alcântara observou a relação da cidade com municípios vizinhos e as transformações causadas pela instalação do Arco Metropolitano na natureza e na população. Ela ressalta falhas na legislação e a falta de capacitação técnica como um entrave para o desenvolvimento sustentável. O crescimento da região está vinculado à UFRRJ e as rodovias que a cortam. ‘‘Os percursos sempre foram fundamentais para o desenvolvimento desses territórios’’, explica a professora.

 

Márcio de Albuquerque Vianna, professor do Departamento de Teoria e Planejamento do Ensino (IE), estuda a cultura agropecuária de Seropédica e a agricultura familiar na região. Vianna avalia o município como um pólo de produção de conhecimento em agropecuária, mas que carece de planejamento, gestão social e transparência. Em relação à agroecologia, ele afirma “Seropédica passa por um processo de desterritorialização e, na cidade, as coisas só funcionam quando a causa é abraçada pelo poder público, o que não acontece com a questão agroecológica”.

 

Geografia urbana e reconfiguração do espaço

A outra apresentação foi de Leandro Dias de Oliveira, professor do curso de Geografia (IA) e do Programa de Pós-Graduação em Geografia (PPGeo/UFRRJ), e coordenador do Programa de Iniciação à Docência (Pibid) em Geografia. Oliveira estuda a mudança territorial de Seropédica e a reconfiguração do espaço da cidade. Em sua apresentação, discutiu a formação de uma região logístico-industrial no Extremo Oeste Metropolitano Fluminense, onde se insere Seropédica.

 

A partir da instalação do Arco Metropolitano, o Oeste Metropolitano passa a ser uma área de sincronização econômica, e se tenta criar uma borda industrial de escape às regiões centrais. O professor Leandro de Oliveira analisa que o Arco é um símbolo do desenvolvimento do país, mas, em seu atual estado, também se tornou símbolo do desmoronamento de um modelo desenvolvimentista. Sobre a questão da sustentabilidade, ele observou que são observadas apenas políticas sustentáveis visíveis à população. ‘’Sustentabilidade é o signo do destroçamento do meio ambiente’’, afirma Oliveira.

 

(Foto: Gabriela Venancio)

 

 


Postado em 22/10/2018 - 11:21

Notícias Relacionadas

Para cuidar melhor das áreas protegidas
Pesquisa da UFRRJ investiga papel de farmacêuticos no combate à Covid-19
Estudo da UFRRJ avalia impacto das medidas de auxílio emergencial sobre a economia do país
Tremor de terra em Seropédica não deve preocupar moradores
Catálogo apresenta diversidade de aves no CTUR

Últimas Notícias

Skip to content