Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Filter by Categories
Acesso Rápido RE
Acesso Rápido RU
Ações de Extensão
Almoço
Alojamento e Convivência
ASSUNTOS ADMINSTRATIVOS
ASSUNTOS ESTUDANTIS
ASSUNTOS FINANCEIROS
Atualizações do Diário Oficial
Auditórias Anuais
Banco de Legislação - Financeiro
Bolsas Assuntos Estudantis
Caderno Extensão
Calendário
Câmara de Extensão
Cantinas
Cardápio do Restaurante Universitário
Carga Horária Diretrizes Curriculares
Centro de Memória
Clipping
COAP
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar
Como Chegar Graduação
Composição Câmara de Graduação
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Comunicados Oficiais
Contrato de Obras
Coordenador de Comunicação Social
CORIN
CPPD
Cursos de Pós-Graduação
DAC
DCF
DEL
Deliberações - CPPD
Deliberações COAP
Desenvolvimento Institucional
Desjejum
DGCC
Diretrizes Curriculares Nacionais
Diretrizes Gerais
DLI
Documentos Fórum das Coordenações
DPPEx
DRCI
Dúvidas Financeiro
Dúvidas Frequentes RE
Dúvidas Frequentes RU
Dúvidas Monitoria Graduação
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais
Editais Corin
Editais em Aberto
Editais em Andamento
Editais Fechado
Empresas Juniores
Equipamentos Multiusuários
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe
Equipe e Contatos
Espaços Físicos Comerciais
Estágio Ouvididoria
EXTENSÃO
Extratos de Convênio
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco
Fale Conosco Imprensa
Fale Conosco PROPLADI
Finanças DCF
Formulário Cursos
Formulários - CPPD
Formulários Acadêmicos
Formulários Câmara de Graduação
Formulários COAP
Formulários Cursos Extensão
Formulários DCF
Formulários DP
Formulários Equipe de Trabalho Extensão
Formulários Eventos Extensão
Formulários Monitoria Graduação
Formulários NAAP
Formulários PICDT
Formulários Prefeitura
Formulários Prestação de Contas
Formulários Prestação de Serviços Extensão
Formulários Programas Extensão
Formulários Projetos Extensão
Formulários Publicação Extensão
Formulários STA
Glossário
GRADUAÇÃO
Grupo de Estudo
Grupos PET
Informações para cadastro
informes Mobilidade Acadêmica Intra-campi
Informes Parfor
Iniciação Científica
INSTITUCIONAL
Jantar
Jornal da Graduação
Jornalista
Laboratórios
Lato Sensu
Legislação Docentes
Legislação NULEP
Legislação Ouvidoria
Legislação Técnicos Administrativos
Lei Orçamentária Anual
Leis - CPPD
Links
Links
Links Extensão
Links PARFOR
Links Pós-Graduação
Links úteis NULEP
Links Úteis Servidor
Logotipos
Manuais NULEP
Mão de Obra Terceirizada
Militantes
MOBILIDADE INTRA-CAMPI
MOBILIDADE NACIONAL
Normas
Normas Curso
Normas de Extensão
Normas Financeiro
Notícia
Notícia Destaque
Noticia Pós-Graduação
Notícias
Notícias
Notícias
Notícias Assuntos Estudantis
Notícias CPPD
Notícias da Extensão
Notícias de Cantinas e Espaços Físicos
Notícias Graduação
Notícias Orçamento e Finanças
Notícias Prefeitura
Notícias Rural Semanal
Notícias Servidor
Notícias Servidor S/Imagem
Notícias Terceirizados
Ouvidora
Ouvidoria
PARFOR
PET
Planejamento Institucional
Portal do Serividor
Portarias
Portarias Financeiro
PÓS-GRADUAÇÃO
Práticas Específicas
Pré-Enem Nova Iguaçu
Pré-Enem Seropédica
Prefeitura
Prestação de Contas
Principais Orientações - Copag
Pró-Reitor Adjunto PROPLADI
Pró-Reitor PROPLADI
Pró-Reitor(a) Adjunto de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) Adjunto de Extensão
Pró-Reitor(a) Adjunto de Graduação
Pró-reitor(a) Adjunto de Pesquisa e Pós Graduação
Pró-Reitor(a) de Assuntos Estudantis
Pró-Reitor(a) de Extensão
Pró-Reitor(a) de Graduação
Pró-Reitor(a) de Pesquisa e Pós Graduação
Processo Seletivo Mobilidade Acadêmica Nacional
Processo Seletivo PARFOR
Processo Seletivo PET
PROEXT
Programas
PROPLADI
Publicações
Publicações Graduação
Regional ou Cultural
Reitor
Relatórios DCF
Relatórios de Gestão
Religioso ou Ecumênico
Revista Extensão
Rural Semanal
Secretaria Administrativa
Secretaria de Registros Acadêmicos - Solicitações
Secretaria Ouvidoria
Sem categoria
Serviços gerais
Serviços para servidor
Servidor na Mídia
Stricto Sensu
Terceirizados
Treinamentos e Palestras Financeiro
UFRRJ Ciência
Vice-Reitor
Vídeos Imprensa
Portal UFRRJ > INSTITUCIONAL > Notícia Destaque > Professor José Pacheco fala sobre desafios das universidades brasileiras

Professor José Pacheco fala sobre desafios das universidades brasileiras

Educar para transformar

 

Por Michelle Carneiro (CCS/UFRRJ)

 

Manhã inspiradora. José Pacheco na conferência de abertura do V Congresso Nacional de Letras do Instituto Multidisciplinar

Convidado para proferir a conferência de abertura do V Congresso Nacional de Letras do Instituto Multidisciplinar (V Conalim), em 22 de outubro, o educador português José Pacheco proporcionou aos estudantes do câmpus Nova Iguaçu uma manhã inspiradora. Em entrevista ao Rural Semanal, o idealizador da Escola da Ponte, em Portugal, e diretor pedagógico dos projetos de formação da EcoHabitare, comentou os desafios e oportunidades das universidades brasileiras para transformar a sociedade.

 

Somos uma universidade no coração da Baixada Fluminense, uma região de profunda desigualdade de aprendizagem e de oportunidades. Qual o papel que a UFRRJ pode desempenhar para a transformação dessa realidade?

 

José Pacheco – Antes de qualquer coisa, eu devo dizer que estou muito grato pelo convite. Aquilo que eu digo em qualquer universidade é que são necessários três movimentos para realmente gerar condições de igualdade, de aprendizagem e de justiça social. O primeiro é honestidade intelectual; o segundo, aquilo que eu designaria por autonomia moral; e o terceiro, assumir um compromisso ético com a educação.

 

O que devemos entender por honestidade intelectual?

 

J.P. – Honestidade intelectual porque somos profissionais da educação, somos seres conscientes daquilo que fazemos, conhecedores da teoria e, portanto, é preciso colocar a teoria em coerência com a prática. O que me parece é que há muita desonestidade intelectual, não aqui em Nova Iguaçu, mas em outros lugares. Ou seja, tudo que está na teoria, que se escuta nos congressos e tal, não está na prática. Há uma sofisticação do discurso e a miséria na prática continua, a desigualdade continua, o analfabetismo, tudo isso continua.

 

E autonomia moral?

 

J.P. – Autonomia moral é porque todas as práticas que acontecem, e não é só nas universidades, mas em todos os sistemas de ensinagem, têm que passar por um sistema de aprendizagem.

 

E o compromisso ético com a educação?

 

J.P. – Nós sabemos que esse modelo que vem do século XIX não funciona. Então, se do modo como eu trabalho eu não ensino a todos, eu tenho direito de continuar a trabalhar desse modo? Vamos ser éticos. Vamos ter vergonha na cara! Então, eu venho aqui para conversar e para perguntar se querem realmente que esses três componentes da mudança aconteçam. Tão simples… Estás a ver? Eu sou uma peste [risos].

 

A formação dos docentes de educação básica pela universidade pode ser um ponto de inflexão para essa mudança?

 

J.P. – Pode e deve. Eu fui formador de professores na universidade; fui formador de formadores; diretor de Centro de Formação; consultor de formação; avaliador de formação; membro do conselho nacional para formação; e fiz uma dissertação de mestrado sobre formação. Concluí que formar é impossível. Ao fim de 40 anos, foi a minha conclusão. Mas transformar é necessário. O que é preciso na formação de professores é a reelaboração da cultura do professor, a partir daquilo que ele é e daquilo que sabe.

 

Como isso pode acontecer?

 

J.P. – Valorizando o que o professor sabe, a aula e tudo isso, mas partindo para outra coisa, com três princípios. O primeiro é o isomorfismo, o modo como o professor aprende é o modo como o professor ensina. Segundo, a teoria nunca vem antes da prática. Terceiro, o professor não é objeto de formação, ele é quem se capacita, é sujeito de aprendizagem no contexto de uma equipe e de um projeto. Se for feito isso, tudo se resolve. Ou quase tudo.

 

Qual a importância, no atual cenário político brasileiro, de valorizarmos a universidade pública e gratuita?

 

J.P. – Porque é o que está na lei. O artigo 205 [da Constituição Federal] diz que a educação é um direito – e é um direito até o fim da universidade. Só com uma diferença: até o fim do Ensino Médio é obrigatório, depois, não. Então é preciso reforçar esse direito. Eu sou professor de ensino público há 52 anos, e hei de morrer assim, no chão de escola. O fato de haver escolas particulares significa que a escola pública não funciona e, portanto, temos de dar condições a elas.

 

Publicado originalmente no Rural Semanal 11/2019

 


Postado em 01/11/2019 - 14:29

Notícias Relacionadas

Moradora de Seropédica, estudante prepara as malas para o intercâmbio
Professora do IE/UFRRJ discute remuneração docente no Conexão Futura
Professor de Ciências Ambientais analisa crise na Amazônia
Docente do DEDH fala sobre os rumos da Educação Superior no Canal Futura
Professora Karine Vargas faz balanço das ações na Flona Mário Xavier

Últimas Notícias

Skip to content