Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages
Portal UFRRJ > INSTITUCIONAL > Notícia Destaque > Primeira turma de Engenharia Química da Rural celebra 50 anos de formatura

Primeira turma de Engenharia Química da Rural celebra 50 anos de formatura

Comemoração de pioneiros

 

Por Roberto Jones (*)

 

Foto histórica. Representantes da primeira turma de Engenharia Química da Rural abrem os sorrisos e comemoram 50 anos de formatura no Gustavão

O curso de Engenharia Química da UFRRJ foi fruto de um movimento realizado por sua primeira turma. Em 1966, mais de 800 jovens prestaram vestibular para a Escola Nacional de Química (ENQ) – hoje Escola de Química (EQ), vinculada à UFRJ – localizada na Praia Vermelha. No entanto, a ENQ possuía apenas 100 vagas. Os aprovados além destas foram considerados excedentes e não poderiam ingressar na faculdade. O sentimento de revolta por parte dos alunos excluídos transformou-se em luta e culminou na criação da Faculdade de Engenharia Química da Rural. A história, aliás, virou livro: Sua Excelência o Excedente – A história da criação de uma faculdade brasileira, lançado pela Editora da UFRRJ em 2011. A obra foi escrita por três ex-alunos da turma, Antônio de Pádua Gomes Barbosa, José Maria de Mesquita Júnior e Paulo César Xavier da Silveira.

 

Em 18 de outubro, foi comemorado o Jubileu de Ouro da formatura dessa primeira turma de Engenharia Química da Rural. A cerimônia, realizada no Auditório Gustavo Dutra, câmpus Seropédica, contou com a participação do reitor Ricardo Berbara; da coordenadora de Engenharia Química Carolina Rezende; da diretora do Instituto de Química (IQ) Cristina Maria Barra; do diretor do Instituto de Tecnologia (IT) Pedro Paulo de Oliveira; e do engenheiro químico formado pela UFRRJ José Maria de Mesquita Júnior.

 

O representante da primeira turma de Engenharia Química, José Maria, fez um discurso sobre a união da classe, mesmo após 50 anos de sua formatura. O engenheiro químico, em nome da turma, presenteou o reitor com uma placa em agradecimento ao acolhimento desses alunos pela Rural.

 

A diretora do IQ, Cristina Maria Barra, fez um discurso emocionado sobre a importância dessa primeira turma: “Tudo o que foi alcançado até hoje no curso de Engenharia Química começou com a turma de vocês. Orgulhem-se disso. Parabéns a todos”.

 

“Esse Jubileu não é uma homenagem a si próprios; vocês estão homenageando a Universidade”, afirmou o reitor. Ele disse ainda que o curso e todos os seus programas de pesquisa e extensão não existiriam se não fosse a iniciativa dos egressos.

 

Placa. O reitor Ricardo Berbara (à esq.) no descerramento da placa do Jubileu de Ouro da turma 1969 de Engenharia Química

Após a fala do reitor, a plateia foi convidada a se manifestar. Eugênio Lucena Filho, ex-aluno da turma, lembrou os colegas que já faleceram, fazendo uma homenagem a eles. Sandra Lannes Pelegrino, outra ex-aluna, contou um pouco da vivência dela e de outros alunos dentro da Rural, em especial no alojamento. Finalizando as declarações, Antonio Carlos Miranda narrou mais histórias vividas pela turma.

 

A cerimônia foi finalizada com o descerramento da placa do Jubileu de Ouro da turma de 1969 do curso de Engenharia Química da Rural.

 

(*) Bolsista de Jornalismo da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS/UFRRJ)

 

Publicado originalmente no Rural Semanal 11/2019 


Postado em 01/11/2019 - 15:05

Notícias Relacionadas

Servidores são homenageados pela dedicação à Universidade

IM disponibiliza documentos históricos da Baixada em plataforma digital

Centro de Documentação e Imagem do IM pretende resgatar e digitalizar documentos históricos da Baixada

Últimas Notícias